terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

Prova à residência Pernambuco 2008


01. Os movimentos da Articulação têmporo-mandibular são produzidos, principalmente, pelos músculos:

A) temporal, masseter, pterigóideos medial e lateral.
B) digástrico, masseter, temporal e bucinador.
C) masseter, digástrico, pterigóideo medial e platisma.
D) músculos infra e supra-hióideos, platisma.
E) masseter, digástrico, gênio-hióideo e omo-hióideo.

02. Em qual situação, adrenalina, anti-histamínico e corticóide são utilizados emergencialmente?

A) Choque Anafilático.
B) Choque Neurogênico.
C) Choque Séptico.
D) Choque Cardiogênico.
E) Lipotímia.

03. Na reconstrução de rebordos alveolares atróficos com fins à implantodontia, considera-se enxerto aposicional em bloco.

A) Tecido ósseo enxertado entre a(s) osteotomia (s).
B) Tecido ósseo enxertado dentro do seio maxilar.
C) Tecido ósseo enxertado sobre cortical externa.
D) Tecido ósseo enxertado entre a expansão córtico-medular.
E) Tecido ósseo particulado enxertado entre osteotomias.

04. A expansão da cortical óssea alveolar via osteotomia com vistas à correção de defeitos horizontais da maxila ou mandíbula extremos deverá ocorrer gradualmente, no sentido vestibular até

A) 6mm.
B) 8mm.
C) 5mm.
D) 1mm.
E) 3mm.

05. Dentre as técnicas cirúrgicas utilizadas para exérese de tumores, temos a ressecção marginal. Podemos defini-la como

A) remoção local do tumor por instrumentação, em contato direto com a lesão.
B) remoção do tumor sem perda de continuidade do osso.
C) remoção do tumor com continuidade total do osso.
D) remoção do tumor com continuidade óssea e tecidos moles.
E) remoção do tumor via aspiração endoscópica.

06. No tratamento das fístulas buco-sinusais alveolares de 3mm de diâmetro, qual técnica não deve ser empregada por resultar em maior recidiva?

A) Retalho livre de mucosa.
B) Retalho vestibular.
C) Retalho palatino.
D) Retalho em dobradiça perifístula.
E) Retalho livre de bola adiposa de bichat.

07. Existe diferença entre as características clínicas do abscesso e celulite no que se refere à dor, palpação e ao grau de gravidade da celulite. Pode-se considerar como verdadeira:

A) intensa e generalizada, flutuante, maior.
B) intensa e localizada, endurecida, menor.
C) intensa e generalizada, flutuante, menor.
D) intensa e generalizada, endurecida, maior.
E) intensa e localizada, flutuante, maior.



08. Nos quadros de luxação do disco da ATM não reduzível com limitação de movimento, considera-se como conduta adequada, na luz do conhecimento atual, a

A) Artrocentese. D) Condilectomia.
B) Fisioterapia. E) Eminoplastia.
C) Discopexia.

09. Segundo a classificação de Winter e Pell & Gregory, para terceiros molares inferiores, o dente que apresentará um grau de dificuldade maior para sua extração será o

A) mesioangular, classe II, posição B. D) vertical, classe I, posição A.
B) horizontal, classe II, posição C. E) distoangular, classe III, posição C.
C) mesioangular, classe II, posição C.

10. Considera-se correto afirmar com relação às complicações nervosas decorrentes do acesso cirúrgico pré-auricular para cirurgia da ATM.

A) Na maioria dos casos, ocorre neurotemese que pode ser tratada com gangliosídeos.
B) Pode ocorrer neurapraxia que normalmente não necessita do uso de gangliosídeos.
C) Pode ocorrer axonotemese que deve ser tratada inicialmente com neurorrafia perineural.
D) Nos casos de neurotemese, o uso de gangliosídeos é a melhor forma de tratamento.
E) Nos casos de neurapraxia, aplica-se a técnica microcirúrgica de enxerto nervoso artificial.

11. De qual princípio faz parte a utilização do consentimento informado?

A) Beneficência. D) Sigilo.
B) Não Maleficência. E) Autonomia.
C) Justiça.

12. Sobre o atendimento pré-hospitalar no trauma, marque a opção CORRETA.

A) O atendimento pré-hospitalar visa somente prestar assistência a uma vítima no local do sinistro.
B) O atendimento na fase pré-hospitalar só poderá ser feito por um médico.
C) O atendimento pré-hospitalar visa prestar assistência a uma vítima no local do sinistro, visando à manutenção do Suporte Básico de Vida (SBV).
D) O transporte do paciente ao hospital mais próximo é de fundamental importância na fase pré-hospitalar.
E) Na fase pré-hospitalar, a assistência prestada a uma vítima no local do sinistro visa à manutenção do suporte básico de vida e estabilização para adequado transporte desta vítima a um centro hospitalar capacitado, se for o caso.

13. O que você entende por Cantopexia?

A) Fixação e estabilização do fragmento ósseo, contendo o ligamento cantal nas fraturas tipo NOE.
B) Procedimento de fixação da maxila que está com a parede anterior do seio comprometida.
C) Reconstrução do canto externo do olho nas fraturas orbitárias.
D) Reconstrução de mandíbulas atróficas, tendo como ponto de fixação a borda posterior do ramo ascendente.
E) Fixação das fraturas cominutivas de ossos próprios do nariz.

14. Constitui infração ética profissional

A) resguardar o segredo profissional.
B) manter os prontuários dos pacientes em arquivo próprio.
C) utilizar técnicas ou materiais com baixa comprovação científica.
D) guardar segredo profissional.
E) assumir responsabilidade pelos atos praticados.

15. Na anamnese do trauma, devemos considerar, de acordo com o agente traumático,

A) a direção em que ocorreu a variação de energia.
B) se há energia transmitida.
C) as forças não afetam as vítimas.
D) independência do agente traumático.
E) a colisão que é ação exclusiva dos traumas automobilísticos.

16. Assinale a afirmativa correta em relação ao trauma por arma de fogo.

A) A densidade dos tecidos não influencia os danos produzidos por arma de fogo.
B) A deformidade do projétil, o tamanho e o desvio não contribuem para maior destruição dos tecidos.
C) Órgãos mais densos sofrem mais danos que os menos densos.
D) A energia cinética não se dissipa pela fragmentação do projétil.
E) As feridas de entrada apresentam sempre bordos limpos e simétricos.

17. Na avaliação dos sinais vitais nos traumatizados, nos estados de dispnéia, pode ser definido.

A) dispnéia que se caracteriza por respiração rápida e regular.
B) parada respiratória intermitente entre 10 a 60 segundos.
C) respiração lenta e irregular.
D) respiração difícil com esforço e uso de músculos acessórios.
E) não corresponde à alteração de respiração, mas transtorno na pressão arterial.

18. Assinale a afirmativa correta em relação aos estados de choque.

A) O evento fisiopatológico primário no estado de choque é a perda de sangue.
B) Independente de etiologia, é a perda de líquidos que define o estado primário de choque.
C) O evento fisiopatológico primário no choque é a hipoperfusão tecidual.
D) A hipóxia, a acidose e a disfunção orgânica são dependentes do volume circulante.
E) Os politraumatizados de face determinam necessariamente uma possibilidade neurogênica para o estado de choque.

19. As fraturas faciais podem estar associadas às de base do crânio. Qual a melhor alternativa que define esta possibilidade?

A) Otoliquorréia e sinal de Battle.
B) Equimose na região da mastóide, hemorragias meníngeas, dilatação pulilar.
C) Equimoses, periorbitárias e rinoliquorréia.
D) Otoliquorréia, rinoliquorréia e sinal de Battle, equinose periorbitária.
E) Paralisia facial, hemorragia nasal e dilatação pupilar.

20. São características de interações entre choque hipovolênico:

A) vasodilatação, permeabilidade aumentada, pré-carga cardíaca aumentada.
B) isquemias coronárias, vasodilatação, depressão miocárdica.
C) isquemias coronárias esplânica, aumento da pressão cardíaca.
D) depressão miocárdica, vasodilatação, isquemia coronária.
E) isquemia coronária, permeabilidade aumentada e vasoconstricção.

21. As odontorrafias têm como objetivo estabelecer o bloqueio maxilo-mandibular, além de estabilidade horizontal. Sobre isso, assinale a alternativa correta.

A) As odontorrafias de Duclos e Stout são absolutamente iguais e se aplicam aos mesmos fins.
B) Os anéis de Ivy e Eby se aplicam melhor ao B.M.M. facial, por permitirem facilmente a colocação de bandas de borracha.
C) Os arcos de Risdon e Winter se apresentam da mesma forma das barras de Erich.
D) Os métodos de Gilmer e Kazanjian são odontorrafias isoladas nos dentes.
E) As odontorrafias devem ter como condições básicas, dentre outras, evitar extrusão dos dentes e permitir abertura maxilo-facial trans ou pós-operatória de forma rápida, se o paciente tiver dificuldades de ventilação.

22. Para tratamento das fraturas na região da ATM, assinale a alternativa correta.

A) Intracapsulares devem ser tratadas com mobilidade excessiva para permitirem reparação condilar.
B) A mobilidade excessiva impede anquilose óssea ou fibrosa.
C) É indicado tratamento conservador com observação controlada da oclusão dentária.
D) Devem ser imobilizadas com miniplacas de Champy.
E) Nos pacientes infantis até 10 anos de idade, usar bloqueio maxilo-mandibular.


23. Os princípios em cirurgia do trauma devem obedecer basicamente à

A) redução do deslocamento, reposicionamento morfológico, prevenir infecção e mobilidade.
B) redução do deslocamento, imobilização, fixação.
C) redução dos deslocamentos ósseos, imobilização dos fragmentos, fixação, retorno funcional gradativo.
D) prevenção à imobilidade e infecção cirúrgica mais precoce possível.
E) estabilidade funcional, acesso menos invasivo, reposição tecidual.

24. As fixações rígidas se apresentam como um excelente recurso técnico nas cirurgias ósseas.

A) Os sistemas 1.3 e 1.5 são melhores por serem mais longos e oferecerem mais segurança.
B) Os parafusos lag screw devem ser usados preferencialmente em fraturas cominutivas.
C) Os sistemas com placas e parafusos feitos a partir do ácido poliláctico devem ser removidos sempre.
D) Os parafusos lag screw têm boa indicação para fraturas em bisel longo.
E) Os sistemas com placas e parafusos 2.4 bicorticais não devem ser usados num ramo horizontal da mandíbula.

25. A ressecção total nas cirurgias dos tumores

A) é uma indicação que compromete todo o tumor envolvido.
B) é uma ressecção do tumor por remoção total do osso envolvido.
C) é uma técnica que consiste na remoção do tumor com osso sadio.
D) caracteriza-se na cirurgia que necessita de esvaziamento de cadeia linfática.
E) consiste na remoção de tumor e tecidos adjacentes, ósseo e mole.

26. Nas cirurgias dos cistos, quando indicado marsupialização, ocorre

A) destruição progressiva do osso e substituição por tecido fibroso.
B) substituição reversível de um tipo de célula adulta por outro tipo de célula adulta.
C) descompressão para operar com menor perda óssea.
D) proliferação desordenada de células com variações nucleares.
E) cicatrização marginal.

27. As grandes perdas ósseas nas cirurgias de lesões agressivas e recidivantes podem levar a comprometimentos funcionais e estéticos. Podemos tentar evitar seqüelas, fazendo substituição

A) pelas lesões maiores do que 4,0 cm no maior diâmetro, enxerto de osso esponjoso, após enucleação e criocirurgia, podem ter como resultado maior altura de osso residual, o que permitirá recuperações funcionais.
B) pela crioterapia que inibirá a recidiva e permitirá formação óssea suficiente.
C) sem usar osso esponjoso e, sim, fíbula com crioterapia transoperatória.
D) pela crioterapia usada para diminuir possíveis recidivas é uma técnica sem indicação.
E) pelos enxertos de ilíaco ou fíbula que só devem ser usados nas perdas mandibulares, sem crioterapia, devido à inibição da vascularização local.

28. Alguns tumores odontogênicos são recidivantes. A remoção com conservação do osso implica a necessidade de tratamento complementar da cavidade cirúrgica e de estruturas adjacentes com métodos físicos ou químicos. Sobre isso, assinale a afirmativa correta.

A) As complicações no uso da solução de Carnoy são altas, principalmente provocando infecção pós-operatória.
B) As soluções com a fórmula de 3ml de clorofórmio, 6ml de álcool absoluto, 1 ml de ácido glacial acético e 1g de clorito férrico promovem complicações baixas, tornando sua aplicação segura, desde que cuidados necessários sejam respeitados.
C) A solução de Carnoy provoca uma necrose física superficial de até 1,5 mm2.
D) Com exposição do nervo alveolar inferior, a substância de Carnoy não deve ser adotada.
E) As recidivas ocorrem independentes do uso de substâncias físicas ou químicas que, pelo contrário, estimulam o aparecimento de células tumorais.

29. Sobre a utilização da técnica Obwegeser, Tauner, Dal Pont , é correto afirmar.

A) Sem dúvida, uma alteração na relação entre o côndilo, a fossa articular e o disco articular ocorre nos três planos de espaço com aplicação de fixação rígida.
B) As alterações de posição do côndilo na fossa articular não são significativas, pois não apresentam alterações funcionais nem dor na região articular.
C) As fixações rígidas devem ser evitadas na técnica sargital.
D) Os separadores de Smith, usados com a pinça de Wolford, permitem que não haja deslocamento ou torque do segmento distal.
E) As alterações nunca ocorrem na distância intercondilar nem na inclinação axial do côndilo e sempre, na posição horizontal e vertical do côndilo, na fossa articular.

30. Knight e Nort, em estudo de 120 casos de fraturas zigomáticas, concluíram:

A) grupo de fraturas zigomáticas com rotação medial corresponde a 11% do grupo estudado.
B) sem deslocamento significante, 17% do grupo estudado.
C) fraturas do corpo sem rotação compreendem 23% dos casos estudados.
D) fraturas do corpo com rotação lateral, 15% dos casos estudados.
E) fraturas do arco zigomático, 34% dos casos estudados.

31. Assinale a afirmativa correta.

A) A dor e a sensibilidade estimulam as glândulas salivares à hiperatividade.
B) A movimentação dos fragmentos ósseos só acontece pelo grau de impacção do agente traumático.
C) O deslocamento dos fragmentos nas fraturas dos ossos zigomáticos se dá pela ação dos músculos masseter e orbicular.
D) A rinorragia é um sinal clássico das fraturas etimoidais.
E) O deslocamento anterior das fraturas mandibulares se dá pelos músculos masseter e temporal.

32. Assinale a afirmativa correta em relação a enxertos.

A) A resposta tissular na presença de enxertos ósseos autógenos começa com as células do leito, as quais se distribuem através do osso cortical e esponjoso, fixando o enxerto.
B) Podemos dizer que a quantidade de osso produzido no enxerto não depende da densidade celular do osso esponjoso transplantado.
C) Para uma máxima formação óssea, o enxerto alógeno deve sempre, nesta ordem, ser congelado, seco e congelado e descalcificado; assim, a transmissão de enfermidades virais e infecções serão evitadas.
D) O osso heterogêneo é o melhor enxerto, pois possibilita menor morbidade e melhor osteocondução.
E) Os enxertos vascularizados devem ter uma fina cortical rodeada de tecido esponjoso, e o pedículo vascular deve ser curto para garantir a vascularização.

33. Que tipo de inflamação a presença de um exudato aquoso e fino, que se dissemina através do tecido subcutâneo, doloroso com aumento de volume e quente, pode definir?

A) Supurativa. D) Catarral.
B) Fibrinosa. E) Granulomatosa.
C) Celulite.

34. Na reparação alveolar, após exodontias, é correto afirmar.

A) A presença do ligamento periodontal favorece a proliferação fibroblástica.
B) A curetagem alveolar deve ser feita sempre após as exodontias, pois favorece o processo de reparo.
C) Na primeira semana, não há, significativa organização dentro do alvéolo.
D) Na segunda semana, o coágulo sofre o processo normal, sendo composto por hemácias aprisionadas em feixe de fibrinas.
E) Na segunda semana aproximadamente, o tecido ósseo depositado no alvéolo sofre processo de maturação, ocorrendo completa epitelização da ferida.

35. Assinale a afirmativa correta em relação à micrognatia.

A) A micrognatia não está relacionada às síndromes de Nager, Pierre Robin, Treacher Collins e microsomia craniofacial.
B) A hipoplasia mandibular aparece sempre devido a alterações congênitas.
C) Os pacientes com hipoplasia maxilar sempre estão associados à hipoplasia mandibular, devido o fator etiológico alterar o desenvolvimento facial como um todo.
D) A micrognatia pode ser resultante da deficiência de crescimento mandibular por fratura mandibular ou anquilose da ATM.
E) Na micrognatia, não há desvio de crescimento, independente da patologia unilateral, nem crescimento vertical da maxila.


36. No que se refere à lavagem e degermação das mãos, é correto afirmar que

A) a área nobre corresponde ao punho e antebraço.
B) quando se combina a ação mecânica da escovação com os efeitos de um antisséptico de ação rápida, parece não haver diferença significativa entre os tempos de 5 a 10 minutos.
C) a comparação das eficácias das soluções antissépticas mostra que há diferença significativa, quando se refere à iodopovidona, clorhexidina e hexaclorofeno duas horas após a lavagem das mãos.
D) o sabão, o hexaclorofeno, a iodopovidona e a clorhexidina permitem a formação da luva química, o que confere uma proteção adicional.
E) a clorhexidina é um antisséptico fenólico com boa atividade contra as bactérias gram-negativas e apresenta ação limita contra as bactérias gram-positivas.

37. Qual dos anestésicos locais apresenta maior potencial alérgico?

A) Mepivacaína. B) Lidocaína. C) Articaína. D) Bupivacaína. E) Prilocaína.

38. Qual destas técnicas anestésicas permite anestesiar os nervos alveolar inferior, lingual e bucal com a boca fechada?

A) Técnica de Akinosi. D) Técnica de Malamed.
B) Técnica de Báscula. E) Técnica de Gow-Gates e Akinosi.
C) Técnica de Gow-Gates.

39. Em relação à absorção anestésica, assinale a alternativa que apresenta a menor atividade vasodilatadora dos anestésicos locais.

A) Mepivacaína. B) Lidocaína. C) Articaína. D) Bupivacaína. E) Etidocaína.

40. Qual destas manifestações bucais não é compatível com as características de paciente com alcoolismo crônico?

A) Candidíase.
B) Glossite.
C) Aumento do tamanho da glândula parótida.
D) Queilose angular.
E) Sialorréia.

41. Qual destes analgésicos pode ser usado com segurança em um paciente renal crônico?

A) Aspirina.
B) Morfina.
C) Acetaminofen.
D) Diclofenaco sódico.
E) Betametasona.

42. A radioterapia provoca uma série de efeitos colaterais locais. Assinale a alternativa que não corresponde às manifestações oriundas dessa terapêutica.

A) Mucosites.
B) Diminuição da macro-circulacão.
C) Desceratinização da mucosa bucal.
D) Atrofia e fibrose da musculatura.
E) Osteorradionecrose.

43. No que se refere à cirurgia do terceiro molar inferior incluso, assinale a alternativa correta.

A) A incisão na região retromolar representa um grande risco para o aparecimento de lesão nervosa do lingual de caráter definitivo.
B) A neurapraxia é conseqüente de uma lesão do nervo por secção.
C) A disestesia caracteriza-se por uma sensação anormal, porém não dolorosa.
D) O descolamento do retalho vestibular promove a parestesia na região de lábio inferior.
E) A cirurgia para exérese do terceiro molar inferior não representa risco de comprometimento do nervo lingual.

44. Assinale a alternativa incorreta.

A) A topografia do canal mandibular tem sido tema de estudo atual com o advento dos implantes dentários.
B) A anestesia por bloqueio regional pode originar lesão do nervo alveolar inferior.
C) Mudanças no trajeto do nervo alveolar inferior são relativamente comuns.
D) A radiografia panorâmica dos maxilares representa um meio diagnóstico determinante na avaliação predictiva da lesão do nervo alveolar inferior.
E) A ortopantomografia apresenta uma sensibilidade e especificidade baixa na avaliação predictiva para lesão nervosa.

45. Assinale a alternativa incorreta.

A) Os maiores fatores de risco para a lesão do nervo alveolar inferior são o aumento da idade, ostectomia distal ao terceiro molar, a relação radiográfica entre as raízes e o canal mandibular, a deflexão do canal mandibular e a pouca experiência do cirurgião.
B) Os sinais radiográficos mais comumente relacionados ao aparecimento de lesão no nervo alveolar inferior são: o obscurecimento dos ápices, estreitamento do canal mandibular, desvio do canal mandibular e interrupção das linhas brancas.
C) A interpretação dos sinais radiográficos, conhecida por ápice em ilha, caracteriza-se pelo fato de uma raiz apresentar uma radiopacidade maior que a outra, sendo as duas raízes posicionadas no mesmo eixo vestíbulo-lingual, circundando o canal mandibular.
D) A interpretação dos tipos de sinais radiográficos é fator de extrema relevância no planejamento das cirurgias de exérese de dente incluso.
E) A cirurgia de dente incluso pode ocasionar lesão nervosa de caráter permanente, envolvendo o nervo alveolar inferior e ou o lingual.

46. No que se refere à avulsão dental, é correto afirmar que, dentre as alternativas abaixo, o melhor meio de conservação é

A) leite. D) soro fisiológico a 0,9%.
B) saliva. E) ringer lactato.
C) soro glicosado a 10%.

47. Assinale a alternativa correta.

A) O cisto gengival do recém-nascido tem como tratamento a ulotomia da região envolvida.
B) O cisto gengival do adulto tem a característica de não precisar de tratamento, pois involui com o tempo.
C) O cisto odontogênico calcificante pode encontrar-se associado a odontomas.
D) O cisto odontogênico glandular apresenta um cisto comum que após a curetagem não recidiva.
E) O cisto dentígero faz diagnóstico diferencial com a displasia fibro-óssea e com o cisto odontogênico calcificante.

48. No que se refere ao ameloblatoma, é incorreto afirmar.

A) O ameloblastoma multicístico apresenta alto grau de recidiva após a enucleação ou curetagem.
B) O tratamento do ameloblastoma não se apresenta mais determinado pelo tipo histológico, pois, em uma mesma peça patológica, pode-se ter vários padrões histológicos.
C) No tratamento do ameloblastoma, na literatura atual, tem sido focada a qualidade de vida e não somente, o poder de recidiva.
D) O tratamento do ameloblastoma multicístico pode ser a descompressão.
E) O ameloblastoma faz diagnóstico diferencial com o cisto dentígero e com o ceratocisto odontogênico.

49. Dentre os princípios básicos em cirurgia, qual desses não constitui um tipo de diérese?

A) Dilatação. B) Punção. C) Descolamento. D) Incisão. E) Conexão.

50. Qual dessas afirmativas não responde à baixa incidência de fraturas faciais em crianças?

A) Baixa prevalência de trauma. D) Ocorrência de centros de crescimento múltiplos.
B) Alto grau de vascularização óssea. E) Maior elasticidade.
C) Menor proeminência dos ossos da face.

37 comentários:

  1. Gostaria do gabarito da prova de residência de Pernambuco 2008. Grato.

    ResponderExcluir
  2. Olá Mario...
    Você teria as provas para Residência da UPE de anos anteriores, se possível, com gabaritos?
    Obrigado,desde já e Parabéns pelo Blog

    Hércio Macêdo

    ResponderExcluir
  3. Dr. Mário Serra Ferreira tem como o senhor passar o gabarito da prova de residencia de pernambuco 2008.grato pela atanção.

    ResponderExcluir
  4. gostaria de todos os assuntos, pra uma prova de residência.

    atenciosamente: Mailson Santos

    ResponderExcluir
  5. Olá Dr. Mario...
    Você teria as provas para Residência da UPE de anos anteriores, se possível, com gabaritos?
    Parabéns pelo Blog é muito bom!
    grata
    perolamichelle@hotmail.com

    ResponderExcluir
  6. Gostaria do gabarito da prova de residência de Pernambuco 2008. Grato.
    adalmirqueiroz@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Dr. Máriooooo
    Muito BOM seu blog, adorei.
    Tb gostaria do gabarito dessa prova e se vc pudesse me disponibilizar mais provas de anos anteriores eu ficaria bastante agradecida.
    Vai aí meu endereço : bellotenha@hotmail.com

    Obrigadaaa!

    ResponderExcluir
  8. pARABENS PELO BLOG...MUITO BOM...VC TERIA O GARABARITO? trindadejunior@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  10. Olá Dr. Mário, parabéns pelo Blog. Está muito objetivo e de fácil acesso às informações. O que irá me ajudar bastante. Gostaria de saber se tem disponibilidade do gabarito da prova de 2008, sem teria outra prova além das de 2006 e 2008 e se as provas são anuais.
    Grata desde já, Grazielle Azevedo

    ResponderExcluir
  11. Olá, vc tem o gabarito desta prova?!
    Pode me mandar?!

    karlarovaris@gmail.com

    ResponderExcluir
  12. Para quem não tem o gabarito ainda e gostaria das provas dos outros anos, poderiam encontrar nesse site http://www.upenet.com.br/. =)

    ResponderExcluir
  13. Luciana
    Olá, vc tem o gabarito desta prova?!
    Pode me mandar?!
    e PARABÉNS PELO BLOG.
    oBRIGADA Luciana
    e-mail: lucsil_0486@hotmail.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Dr. Máriooooo
    Muito BOM seu blog, adorei.
    Tb gostaria do gabarito dessa prova e se vc pudesse me disponibilizar mais provas de anos anteriores eu ficaria bastante agradecido.
    Vai aí meu endereço: alexlanducci@hotmail.com

    ResponderExcluir
  15. Ola, Boa tarde !
    Gostaria do gabarito da prova tambem...
    lucas.silva@hcnet.usp.br
    Obrigado

    ResponderExcluir
  16. Dr Mário, mto boa as dicas do seu blog, gostaria do gabarito tb se possível, amandaml.odonto@gmail.com

    ResponderExcluir
  17. Oi, vc poderia me enviar os gabaritos das provas Prova à residência Pernambuco 2008 e Concurso público -Estado do Amapá (Prefeitura Municipal de Santana), não encontro em lugar nenhum..rs!meu e-mail:laurinhaneves@hotmail.com..Muito obrigada!

    ResponderExcluir
  18. Olá, você poderia me mandar o gabarito por favor? luizgustavoaa@hotmail.com obrigado!

    ResponderExcluir
  19. Oi, professor!

    Adoraria receber o gabarito em meu email. É possível?
    thayannebrasil@hotmail.com

    Abraço!

    ResponderExcluir
  20. tem o gabarito .... mt bom o blog: zarinatatia@gmail.com

    ResponderExcluir
  21. Ótimo o blog!!
    Será que você poderia me enviar o gabarito?
    pati_monteiro@hotmail.com
    Desde já agradeço!

    ResponderExcluir
  22. POR FAVOR ME MANDE O GABARITO DA PROVA DE PERNANBUCO!MEU EMAIL E VALERIARILDA@YAHOO.COM.BR
    VOCE TEM ALGUMA PROVA DE BUCO DA UEL LONDRINA?
    OBRIGADA!

    ResponderExcluir
  23. Olá, é possivel me enviares o gabarito desta prova para meu email? amelinha14_2005@hotmail.com
    Obrigada, e parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  24. gostaria do gabarito ....
    gostei do blog ..
    grato
    meu email batlespire@hotmail.com

    ResponderExcluir
  25. É possível me enviar o gabarito?
    williannazzari@yahoo.com.br
    Obrigado!

    ResponderExcluir
  26. tb gostaria de receber o gabarito, jairo_odontologia@hotmail.com
    obg

    ResponderExcluir
  27. também gostaria do gabarito: roonildo-rs@hotmail.com

    ResponderExcluir
  28. por favor me mande os gabaritos das provas de Buco de de 2006 e 2008 para o email dr.danielqueiroz@hotmail.com

    ResponderExcluir
  29. Gostario do gabarito

    luisvilaverde@hotmail.com

    obrigado

    ResponderExcluir
  30. Gostario do gabarito

    luisvilaverde@hotmail.com

    obrigado

    ResponderExcluir
  31. Gostaria do GABARITO!

    cesar_caio123@hotmail.com

    Desde já, obrigado!

    ResponderExcluir
  32. Professor gostaria de receber o gabarito desta prova fernandaodonto22@gmail.com

    Obrigada e parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  33. Professor gostaria de receber o gabarito desta prova fernandaodonto22@gmail.com

    Obrigada e parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  34. Professor gostaria de receber o gabarito desta prova vlamah85@hotmail.com
    Obrigada e parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  35. Boa tarde professor
    Gostaria do gabarito desta da prova.
    O meu emai:joaofernandoveigapires@Yahoo.com.br
    Muito obrigado

    ResponderExcluir
  36. Ola professor, parabens pelo site
    Gostaria de ter o gabarito desta prova.
    meu e-mail é: carvalhopha@outlook.com
    Obrigado

    ResponderExcluir
  37. GABARTO
    01 A 26 B
    02 A 27 A
    03 C 28 B
    04 E 29 A
    05 B 30 A
    06 A 31 A
    07 D 32 A
    08 C 33 C
    09 E 34 A
    10 B 35 D
    11 E 36 B
    12 E 37 C
    13 A 38 A
    14 C 39 A
    15 A 40 E
    16 C 41 E
    17 D 42 B
    18 C 43 A
    19 D 44 D
    20 A 45 C
    21 E 46 A
    22 C 47 C
    23 C 48 D
    24 D 49 E
    25 B 50 A

    ResponderExcluir

Deixe um recado. Agradeço pela visita
Dr. Mário Serra Ferreira
Especialista em Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial
Residência em Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial
Especialista em Implantodontia
Mestre em Odontologia
Professor Diagnóstico e Cirurgia Bucomaxilofacial UniEvangélica